quarta-feira, 20 de junho de 2018

PREPARAÇÃO PARA RECEBER TURISTAS

Para recepcionar turistas, uma série de fatores devem ser considerados. Quando a cidade tem porte para atrativos, como aeroporto, por exemplo, as atividades para quem desembarca, especialmente no mês de junho, com as festividades juninas, que tal uma recepção mostrando um pouco do que a cidade tem para oferecer? Isso se chama encantamento e o turista vai querer chegar nestas festividades. 

Mas, se a cidade é de praia? Do mesmo modo, uma recepção com roupas bem estampadas e muitos folhetos para que as nossas praias sejam visitadas, isso se chama encantamento também. Quem chega não vai adivinhar que temos 10 praias de rios maravilhosas. 


A intervenção cultural pode fazer parte de uma ação local para ampliar a divulgação do destino e promover a cultura regional como atrativo turístico. A ação poderá ocorrer nas áreas de desembarques do aeroporto, dos terminais de passageiros intermunicipais e interestaduais. Sempre com farto material de divulgação, pode ser o mapa turístico, uma revista de turismo, folhetos apresentando nossas praias e os serviços ali promovidos, como saborear um delicioso tucunaré, por exemplo.

A praia do Tucunaré é um grande atrativo, precisa se preparar com estrutura e que a mesma seja conhecida por todos os moradores, para que estes possam repassar e atrair mais turistas. Quanto mais pessoas vierem para nossa cidade e esta, estiver mais preparada, com certeza atrairá pela propaganda positiva outras, gerando mais empregos e renda, causando maior ocupação nos hotéis, restaurantes, enfim, todo o circuito de atividades turísticas.

Por fim, nunca é demais ter no Aeroporto ou nos Terminais Rodoviários um guichê de informações turísticas. Isso é extremamente necessário. Claro que é básico mais precisa ser reafirmado. Façamos com que eles se sintam bem recebidos, muito bem vindos. Vamos lá?

Somente com uma boa divulgação vamos conseguir aumentar o fluxo de turistas para os próximos anos, revertendo a queda que vem ocorrendo desde 2015. Claro que podemos fazer outras ações, mas, vamos pensando nestas por enquanto.

Imprimir Artigos

Print Friendly and PDF