segunda-feira, 5 de novembro de 2018

EMPRESÁRIOS DO RAMO TURÍSTICO DE PARAUAPEBAS SE ANIMAM COM INICIATIVAS DA PREFEITURA


Por Rayssa Pajeú - Publicado em: 05/11/2018

Entre os empresários do ramo turístico, é grande a animação com as iniciativas da Prefeitura de Parauapebas para impulsionar o turismo no município. “Eu acho essas reuniões extremamente importantes. O turismo é a terceira fonte de arrecadação mundial e Parauapebas tem um potencial enorme. Nós devemos investir no turismo mesmo. Eu achei excelente a reunião, me sinto feliz de ter participado e participarei das próximas”, disse Westony Mendonça, proprietário de um dos balneários que fazem parte da Rota das Águas. “Esperamos que esse lado que foi implantado do turismo venha crescer”, complementou Joaquim Cardoso, dono de restaurante.


Ainda este mês, Parauapebas receberá a visita de representantes de agências de viagens de São Luís e, em dezembro, ocorrerá um famtour – promoção que tem o intuito de familiarizar e despertar interesse em vender o atrativo turístico. O famtour vai receber representantes de mais de 20 agências do Rio de Janeiro, Espírito Santo e São Paulo.

Parauapebas também foi convidada para falar sobre seus atrativos em um Encontro de Cidades Polos Turísticos do Norte e Nordeste do Brasil, na capital maranhense. “Estamos trabalhando para fomentar o turismo de nossa cidade. Certamente, haverá uma demanda muito grande de pessoas visitando nosso município e é obvio que a gente quer que nossos turistas sejam bem recebidos, que eles saiam satisfeitos com o bom atendimento”, disse a presidente do Comtup, Aglaudene Tomé.

“O poder público tem feito a sua parte, tem feito investimentos, tanto na capacitação do trade turístico quanto na promoção de Parauapebas. E isso já está surtindo um efeito positivo. Nós já percebemos um crescimento no número de visitantes nas principais rotas turísticas do município, o que reflete diretamente na economia local. E a tendência a partir do próximo ano é melhorar ainda mais, por isso os empreendimentos privados também precisam se preparar”, ressaltou Marcos Alexandre, coordenador do Detur.






Imprimir Artigos

Print Friendly and PDF